Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

GAZETA DE POESIA INÉDITA

Espaço dedicado à divulgação de poesia original e inédita em língua portuguesa.

GAZETA DE POESIA INÉDITA

15
Set19

FERNANDO ESTEVES PINTO - OS TEMPOS

 

1.

Ela faz como se fechasse a porta atrás de si.

Uma coisa desse género aprende-se quando se é criança.

É uma mentira representada com o próprio corpo,

longe de qualquer palavra.

É também uma brincadeira levar as mãos a fazer

algo que nunca fica feito.

Esvaziar o olhar, ficar longe da verdade.

 

2.

Ocupo-me do seu modo perante a vida.

Por vezes tenho medo que ela não seja feliz.

E ela não é. E eu continuo a ter medo.

É um medo que me faz pensar que alguma coisa

ficou mal fechada atrás de mim.

Uma espécie de insegurança, um certo sentimento

de dependência. Uma ponte, sempre na iminência de ruir.

 

3.

Ela tem a casa para respirar.

A sua linguagem de todos os dias.

Faz a leitura da casa.

As louças, os vidros, os tapetes.

Ela tem as mãos postas no ar.

Ela tem o olhar preso na escrita.

O rosto próximo da verdade.

Seria justo dizer o que ela pensa.

É possível fazer com que ela diga o que pensa.

Lê-se que se ouve o que ela pensa.

Ela deixa cair as mãos.

 

4.

Ela faz como se tivesse as mãos caídas.

Irrecuperáveis.

É uma sensação de paz.

É como se eu começasse uma história

e não a deixasse avançar.

Recuso este pensamento.

As palavras deveriam não dizer tudo.

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Mais sobre mim