Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

GAZETA DE POESIA INÉDITA

Espaço dedicado à divulgação de poesia original e inédita em língua portuguesa.

GAZETA DE POESIA INÉDITA

30
Abr20

A. M. PIRES CABRAL - VALAS COMUNS


Em algum longínquo país convulso,

algumas décadas atrás,
os senhores cuja missão é mandar
(missão que — dizem eles — lhes foi directamente
confiada por Deus ou pelos deuses)
mandaram abrir uma vasta vala
destinada a recolher sumariamente
— quantos? cem? trezentos? mil? —
corpos esbulhados de nome e ideais,

que ali jazem de costas uns para os outros,
promíscuos, descompostos,
uns com uma bala alojada no peito,
outros na nuca.

Passados anos foi descoberta a vala,
revelado o seu sombrio conteúdo.
Passou a notícia na televisão
(que teve o cuidado de avisar
que algumas das imagens
eram susceptíveis de — etc. e tal).

O bom espectador sentiu um muito leve
arrepio a percorrer-lhe a espinha,
remexeu-se incomodado no sofá.
Cá em Portugal não temos disto,
pensou com alívio. E não levou mais longe
a resposta às incómodas imagens.

Mas pelo sim pelo não, mudou de canal.

Mal ele sabe que a essa mesma hora,
noutra parte do mundo, não importa qual,
é bem provável que bulldozers se afadiguem
a abrir outras valas que —
como esta que se viu na televisão —
reclamam carne, ossos, dentes e cabelos,
nomes e idades e razões para morrer.

Quer-me parecer que a própria história
— essa impudente mentira travestida de verdade —  
não é mais que uma insalubre vala
comum que abre para nós a sua insaciável
boca — onde docilmente nos devemos precipitar,
depois de nos terem sido confiscados
identidade, credo, expectativas.

Pág. 1/30

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Mais sobre mim