Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

GAZETA DE POESIA INÉDITA

Espaço dedicado à divulgação de poesia original e inédita em língua portuguesa.

GAZETA DE POESIA INÉDITA

30
Jun20

MAURICIO VIEIRA - CANCIONEIRO DO FOGO

à Ana Filomena

 

Miranda é uma vila,
E o Corvo uma aldeia;
No alto de Pedrógão
Ouço cantar a labareda
O pinheiro é retiro
Que andei a retirar
Pra plantar o eucalipto
Que na Penela foi queimar
Todas as águas da fonte
Tem secantes para o rio;
Em Ansião o incêndio
Desconhece o desvio
Na janela aonde durmo
Ardeu todo o manjericão
Figueiró floriu em brasa
Vejo as pétalas do clarão
Senhora da piedade
Uma santa marinheira
Naufragou no mar de chamas
Que ondeou na Castanheira
Hei-de fazer um balãozinho
Da casquinha da maçã
Para levar pro céu o fogo
De Alvaiázere e da Lousã

Pág. 1/30

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Mais sobre mim