Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

GAZETA DE POESIA INÉDITA

Espaço dedicado à divulgação de poesia original e inédita em língua portuguesa.

GAZETA DE POESIA INÉDITA

15
Fev19

RAQUEL SEREJO MARTINS - DOS DIAS

 

 

Faço a cama todos os dias, tento preservar a ordem do meu mundo.
Lavo pratos, copos, talheres, quero dizer,
enfio-os na máquina.
Mantenho limpos os vidros das janelas.
Lavo o corpo, os dentes, a roupa, do corpo e da cama, quero dizer,
enfio-a na máquina,
há máquinas para tudo.
Não moro sozinha, moro com dois gatos e vaso nenhum com plantas.
Compro os víveres no supermercado.
Chego a sexta-feira com uma garrafa de vodka e duas maçãs mirradas no frigorífico.
Já plantei couves, alfaces, árvores de fruto.
Já escrevi cartas ridículas, tenho esta estranha mania de ser sincera.
Tenho vergonha de erros ortográficos, meus e dos outros.
Valorizo a etimologia.
Tento perceber o oposto de todas as coisas,
mesmo da bondade.
Não tenho a virtude da paciência,
nem sei se é virtude.
Sou feliz só porque não trabalho num talho.
Não como outros animais.
Evito ter contas por pagar.
Ando a pé mesmo quando chove.
Preciso urgentemente de comprar um guarda-chuva.
Fumo, o que não é qualidade.
Não prescindo da mentira, o que nem sempre é defeito.
Vou ao teatro e respiro.
Leio os meus poetas e sufoco.
Evito a televisão.
Não sei o que fazer com a minha solidão.
Sei fazer chá, o que, convenhamos, não é difícil, e compota de abóbora.
Não me lembro da última vez que ri até às lágrimas.
Nunca fiz uma Revolução.
Agora sei que fui feliz em Florença.
Lembro-me das várias as vezes em que fiquei de coração partido
e como diz a canção: o amor só é bom se doer.
Às vezes tenho vontade de abraçar desconhecidos.
Nuvens, e poucos vão perceber por escrevi nuvens.
Garimpo a beleza das coisas, os pormenores insignificantes da vida.
Comovo-me com a ferrugem na ferragem da varanda.
Não tenho varanda e penso na distância entre o dia de hoje e a minha morte.
E já sei que a vida apesar de breve cansa.

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Mais sobre mim