Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

GAZETA DE POESIA INÉDITA

Espaço dedicado à divulgação de poesia original e inédita em língua portuguesa.

GAZETA DE POESIA INÉDITA

23
Nov20

ADÍLIA CÉSAR - ANTOLOGIA

 

Uma duas três palavras
presas no braço pendente
como se fossem coleiras vazias de cães.

A palavra mais alta roeu o vento, que desiste
e abandona a primavera de uma vez por todas.
Ela chora esse nome vegetal, mas ainda criativo.

A redundância da criação é zumbido de beija-flor.

Vê-se a instância dominante do silêncio
agora excluído da matriz feminina:
as palavras que sobram são animais machos
e alimentam-se da destruição dos argumentos das fêmeas.

Sentimento da linguagem em três palavras
reunidas numa antologia de hastes frágeis:
           evanescência
                        imperfeição
                                    instinto.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Mais sobre mim