Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

GAZETA DE POESIA INÉDITA

Espaço dedicado à divulgação de poesia original e inédita em língua portuguesa.

GAZETA DE POESIA INÉDITA

19
Jul18

ANDRÉ DOMINGUES - FOGO

Foge. A noite sofre de perfeição.

Uma mão desliza pelo sorriso

contínuo das praças e não há senão

a inconsolável abreviatura deste lugar

na sala que me transporta

 

agora que vejo a forma

como deixas o rosto quebrar

à entrada da água

e à saída do ar

a ofegante coragem

do desgosto

 

agora que vejo os teus dentes

crescerem na voracidade dos pátios

foge e deixa o teu corpo cair

finalmente na finalidade

 

podes fugir à vontade

porque a fuga é só repetição

ou mais um elemento inconsolável

 

uma espécie de vento preso

à identidade do fogo.