Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

GAZETA DE POESIA INÉDITA

Espaço dedicado à divulgação de poesia original e inédita em língua portuguesa.

GAZETA DE POESIA INÉDITA

20
Nov18

CARLOS TEIXEIRA LUÍS - "GATO QUE ESTREMECE"

 

 

 

Gato que estremece - 

Velha que atravessa a  

rua - Miúdo que cresce 

aos pulos - Cão que 

 

ladra quando chove -  

Sorriso que se perde 

do rosto da mulher 

gorda - Automóvel que 

 

apita quando passa - Só 

para preencher o horizonte - 

Há uma música melancólica 

de violino que se evade 

 

duma janela envergonhada - 

Mente aberta - Dói a mão 

quando escreve o poema 

que não é - Gato que 

 

adormece - Criança que  

corre – Mulher que grita - 

Velho que dança - Chuva 

que gela o marinheiro - 

 

Mão que fica dormente - 

Tarde de Domingo – que  

fica dormente - Livro 

pequeno na mão - Vagabundo 

 

O homem que caminha - 

Sempre do outro lado da  

estrada – Para não incomodar 

trajeto normal  

 

da viagem normal dos 

normais que que viajam no 

lado normal da estrada - 

Há sempre um homem 

 

solitário que caminha no 

outro lado da estrada -  

Chamo-o de vento – Mas 

porque o chamo assim - 

 

Sabemos lá quem é o 

homem que caminha no 

outro lado da estrada - 

Leva na mão um livro 

 

pequeno o homem – Tem 

no rosto o cansaço da  

paz – Chamei-lhe cigano 

vento anjo sombra sei lá 

 

Chove a chuva na boleia - 

O gato no volkswagen – A  

boleia dos velhos turistas 

do norte da europa - Bêbedos 

 

de sorriso – Escreve sobre 

o teu sono - Dá boleia -  

Sempre como um anjo - Não  

edites – O editor dos 

 

sapatos pontiagudos que se lixe - 

Que arranje um emprego – Escreve 

e dá boleia - Dá boleia como um  

cão vadio – Como um poema de 

 

Herberto Helder – Como um grito 

de gato assustado – Rompe o poema - 

Dá boleia – Rompe a estrada - 

Como um rock and roll seco - 

 

Como um blues – Como um fado - 

Rompe a boleia – Passeia no frio 

da praia com eva e adão - E a 

chuva - Dá boleia – Rompe a  

 

estrada - Dá à chuva - Dá ao  

sol - Dá à metáfora - Dá à  

Criança, para que cante – Vai 

para a praia fria - Dança à boleia - 

 

Dá boleia – Rompe a estrada - 

Canta com a mulher africana 

da limpeza - Dá boleia – Canta 

como a estrada – Ouve os 

 

Paus na Madeira – Ouve o  

rádio a engasgar – Ouve o  

Violino de alumínio - Rompe 

a estrada – Ouve o banjo 

 

de Pete Seeger – Rompe a  

estrada - Dá boleia – Rompe 

a estrada - Dá boleia – VW 

rompe kw a kw - Dá boleia - 

 

Vê como os anjos o céu de  

Berlim – Volkswagen abando- 

nado - Dá boleia - Dá 

boleia - Dá boleia - Dá amor 

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Mais sobre mim