Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

GAZETA DE POESIA INÉDITA

Espaço dedicado à divulgação de poesia original e inédita em língua portuguesa.

GAZETA DE POESIA INÉDITA

22
Mar19

JOÃO SOUSA - OLHOS

 

 

 

olhos fechados

coisas inacreditáveis que não nos pertencem

encontram lugar na nossa memória

coisas que ainda não vivemos

 

seguimos os movimentos das pontas dos dedos

das nossas mãos, dos nossos pés

os nossos corpos movendo-se na luz, o ar dobrando-se

moldando-se aos nossos olhos fechados

 

a música que somos toca-se na terra

as raízes cada vez mais profundas, sonoras

as mãos e as raízes cantando, soando

respirando

 

juntamos as mãos

ganham forma, calor

esperamos o rio passar

a memória lava-se no rio

os pássaros falam

somos os pássaros

somos o rio

 

abrimos os olhos

o coração, as mãos

os pés na terra

a terra nos olhos

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Mais sobre mim