Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

GAZETA DE POESIA INÉDITA

Espaço dedicado à divulgação de poesia original e inédita em língua portuguesa.

GAZETA DE POESIA INÉDITA

06
Jan21

JORGE MELÍCIAS - TRÍPTICO DA ESPERANÇA

Fala do mouro Aarão

Não o hábito mas o vício.
O aferro com que não revezo
todo o mal por um indício.
A inocência que nas mãos apreso

e a alegria com que leso
tudo o que é belo e propício.
Ah!, trocar o escrúpulo pelo vezo
e por paga a barganha do benefício.

Nunca a culpa foi tão fútil exercício,
nunca o perdão teve tanto de desprezo
ou conheceu menor uso o cilício.
Mas a vilania, a abjecção, tudo o que prezo…

Basta! Deixem-me ao que sou destro!
Não a vossa virtude mas o meu sestro.


Lamento de Prometeu


Foi para isto que uma e outra e tantas vezes
neguei ao corpo a humildade do medo?
Para isto roubei eu o fogo aos deuses
e ensaiei da esperança um arremedo?

Para isto sofri o mais absoluto degredo?
Sonhei conquistas que hoje sei reveses
e me neguei à complacência que vos concedo?
Para isto? Para açular leões e recolher reses?

Não, não foi a dor que me dobrou, sequer a soberba,
mas o imperativo da escolha, uma redundância.
E se da vitória me caberia sempre a parte acerba

vós merecíeis mais que esta pífia traficância:
não o tímido agravo que agravo algum averba,
mas a própria beligerância.


Medeia dirigindo-se ao coro

Perdão? O perdão é a única aquiescência
que não me posso permitir. De resto,
choro tudo: o intento acima da diligência,
o punhal bem mais que o gesto.

Vós, que deste amor aziago e funesto
me quisestes generosa anuência,
abnegação, brandura onde era toda esto,
como ousais agora rogar-me clemência?

Ainda que o mal exista porque existo,
e que eu seja a vossos olhos a minha acção,
se nada mais sabei ao menos isto:

o que eu matei foi em mim a compaixão.
E a loucura teve tanta parte nisto
como parte nisto teve uma réstia de razão.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Mais sobre mim