Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

GAZETA DE POESIA INÉDITA

Espaço dedicado à divulgação de poesia original e inédita em língua portuguesa.

GAZETA DE POESIA INÉDITA

16
Jan19

LÍLIA TAVARES - "DOS TEUS OMBROS RECTOS COMO O HORIZONTE"

 

 

Dos teus ombros rectos como o horizonte
Voaram pássaros com pressa de navegar.
Que sabemos dos voos de quem mareia
com a noite no dorso, pronta a fazer-se ao mar?

Vieste e silenciaste o coro dos salgueiros,
tomaste inteiro o sumo de doces romãs,
vermelhas no sangue dos gomos e da seiva. Assim
fartaste a sede da poeira e das esperas do caminho.

Repousa agora no fresco limiar do musgo
os braços fatigados pelo fardo dos dias.
Peço um lugar de ti onde possa habitar.
Sabes que sou vaso e agasalho até que partas.




Este poema integrará o próximo livro da autora, NOMES DA NOITE,
a editar na Col. A Água e a Sede , Modocromia.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Mais sobre mim