Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

GAZETA DE POESIA INÉDITA

Espaço dedicado à divulgação de poesia original e inédita em língua portuguesa.

GAZETA DE POESIA INÉDITA

28
Out18

NUNO REBOCHO - TARDES DE SECA

 

 

estava quente o chão que espalhava o sequeiro

e nem o milho reverdecia por sobre a poeira

e nem as lágrimas regavam o desespero

                        do sahel só os gafanhotos davam vivas

                        nas mastigadas desesperanças desses dias

                        só a bruma causticava dolorosamente

                        como um suão de tristezas

                        na quietude do sem vento

 

pingava a solidão na angústia das tardes

cozinhadas de mosquedos circundantes

farejando o suor das quenturas ácidas

                        e esperávamos alvíssaras das gotas

                        caindo sobre o cansaço das acácias

                        que povoavam a alegria das galinholas

só a tortura mandava

só a fome mandava

 

esperávamos

esperávamos

desesperando

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D

Mais sobre mim