Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

GAZETA DE POESIA INÉDITA

Espaço dedicado à divulgação de poesia original e inédita em língua portuguesa.

GAZETA DE POESIA INÉDITA

11
Dez18

RAQUEL GAIO - II

 

 

 

uma poética do desastre

 

os dois buracos nas mãos e

a rotatória do século se esfregando nelas

uma queloide barroca

nunca depositária de lugares seguros

 

a fragilidade fala pelos pulsos, esotérica

 

há um choro de criança em meu ombro

uma agulha que pinça a plumagem do meu animal

o envelhecimento aberto poro sobre poro

 

sabemos que os demônios trabalham juntos,

possuem auréolas finas e uma inevitável precisão

-uma articulação que já nasce desgastada-

 

eu tenho a divisa como calabouço

e a concha como morada

 

eu vejo com os dois olhos cerrados

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Mais sobre mim