Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

GAZETA DE POESIA INÉDITA

Espaço dedicado à divulgação de poesia original e inédita em língua portuguesa.

GAZETA DE POESIA INÉDITA

28
Nov18

SARA CANELHAS - ESTRELAS MARGINAIS

 

 

 

sóis ignorados pela substantiva distância,

incarnações divinas na sua glória central,

anãs perdidas num redil de cósmica periferia.

Quão ténues as certezas de vestimenta solar

sempre errante. Imploramos que não se dissipe

em peças compósitas, mas nada se abriga sob os fogos

múltiplos, tríplices, fátuos, de emaranhada órbita.

 

O conserto galáctico prossegue

impetuoso, de sombrio a luzente,

parodiando velhos sinais por todo o lado,

celebrando o toque dos rastros em trânsito,

da fuga às águas, da ébria lentidão dos corpos

em descolagem, pela vertigem do movimento,

sem qualquer repouso necessário,

sem qualquer dom absoluto.

 

Só o toque emocionado do movimento

se eleva sentido, cada vez mais curvilíneo,  

perpetuamente mais próximo.

E uma nota desprende-se do alto supremo

aos extremos do mundo, portador e portagem

dos cultos em fluxo__ errare humanum est,

esse toque eloquente ungido do fundo dos fundos,

dos errantes ruídos de fundo,

pela eternidade do esquecimento.

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D

Mais sobre mim