Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

GAZETA DE POESIA INÉDITA

Espaço dedicado à divulgação de poesia original e inédita em língua portuguesa.

GAZETA DE POESIA INÉDITA

30
Ago18

ALEXANDRA VIEIRA DE ALMEIDA - O OLHAR DAS ESTRELAS

No brilho dos olhos teus

Um novo caminho se descortina

Calando o sopro dos gemidos.

 

O astro se expande num corpo de dor

A geografia dos beijos

Se fará em terra desconhecida

Em que o mistério se ergue sobre as colinas.

 

Na flor embalsamada pelo tempo

A memória do que um dia eu fui

Antes de te conhecer.

 

O olhar das estrelas

Se traduz em cura

Ofertada pelas mãos ondulantes da natura.

 

A morte se afasta pela hóstia do destino

Em encontrar um ser que é a sagrada face da existência.

 

As estrelas brilham nos teus olhos

Como duas várzeas que socorrem meu medo.

 

A chama do amor novo

Se aquece na floresta dos sentidos

Onde se tece um tecido indistinto

Como a sombra do sol em noite escura.

 

A vida estava bem ali perante meus olhos

Mal iluminados por um amor cruel

Como a foice da morte.

 

O passado me traria a chuva

Mas tu  me trarás o sol por dentro do corpo

A me amanhecer para as coisas mais belas da vida.

 

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D

Mais sobre mim