Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

GAZETA DE POESIA INÉDITA

Espaço dedicado à divulgação de poesia original e inédita em língua portuguesa.

GAZETA DE POESIA INÉDITA

09
Out20

ANDREIA C. FARIA - "PRIMEIRO PELA FORÇA..."


Primeiro pela força, 

pelo lume da respiração aprendo 
o efeito do meu corpo entre mortais. 
Escuto. 
 
Sândalo, 
saliva, a boca 
seccionada, aberta, brutalmente 
lírica, a luz 
das coisas que se abatem como um sonho — 
em que idioma digo 
isto, e da manhã 
a guelra fresca, a água 
um braço repartido entre os lençóis. 
 
A minha língua é o animal mais sujo, 
o pássaro ralo da chuva, 
o arrastar de fósforos na fala do profeta. 
 
Como um clima, 
tem seus trópicos, a sua crueldade, 
trapos crus no deflagrar da boca 
e a beleza
intercede pela violência como 
o eco fala a Deus nas catedrais. 
 
E se me vem às mãos é funda, 
obscura, 
um sono de sementes que apodrece. 
 
E nada dela é puro — 
 
respiram sobre a mesa os versos 
com a faca na raiz, a ferida 
chamando 
a saliva, o desvelo do olhar.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Mais sobre mim