Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

GAZETA DE POESIA INÉDITA

Espaço dedicado à divulgação de poesia original e inédita em língua portuguesa.

GAZETA DE POESIA INÉDITA

19
Mai20

ANTÓNIO JOSÉ QUEIROZ - MURAL

 

Aqui estamos, tu e eu, meu amor,
num labirinto de sombras sem fim.
Já se não ouve o claro riso das manhãs,
o rumor cansado do entardecer.
Os dias são agora de silêncio,
o passado uma saudade à deriva
no breu infinito da memória.
Acabaram-se as lágrimas e os abraços
no cais triste das despedidas.
Nas cicatrizes da cidade desfigurada,
num velho mural, antigo como o remorso,
duas palavras resistem ao tempo
e cegam o olhar: “Não matarás”.


17/4/2020

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Mais sobre mim