Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

GAZETA DE POESIA INÉDITA

Espaço dedicado à divulgação de poesia original e inédita em língua portuguesa.

GAZETA DE POESIA INÉDITA

16
Mai20

ANTONIO P. PACHECO - PANDEMIA

 

Outra vez haverá dias de riso e abraços
                               [Isto é mais que certo]
Num outro tempo além
Quando a ignorância e o egoísmo
Voltarem a temer a luz da vergonha alheia.
Onde estará cada sobrevivente
Desta pandemia apocalíptica
É o mistério que não se revela adiante
Se numa caverna, poço, canto escuro,
Ou nas trincheiras desta guerra
Cabe a cada um a própria escolha.
Haverá sol e esperança novamente
                               [Jamais se duvide disto]
Antes que a morte nos brinde
Com seu cálice de lágrimas e sangue
E sejamos da face da terra varridos
Como gravetos inúteis, como lixo apodrecido.
Aos arqueólogos de amanhã
O que dirá a história do agora
                              [Sob as tumbas do presente]
É que nesta era insana uns raros bichos humanos
Ascenderam em formosura e inteligência
À extraordinária condição de ser apenas gente.

















 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Mais sobre mim