Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

GAZETA DE POESIA INÉDITA

Espaço dedicado à divulgação de poesia original e inédita em língua portuguesa.

GAZETA DE POESIA INÉDITA

30
Mai19

BERNARDO PINTO DE ALMEIDA - DI-LO COMO ADÍLIA

 

 

1.

 

Passa a centopeia

veloz qual cantiga.

Apesar de feia,

suscita à formiga

 

porfiando obra 

— a dobra —

atrevido assobio.

A perna que sobra

 

da saia apertada

a qualquer espanta. E

o joelho, esguio,

 

estremece-lhe o olhar

de um vago arrepio

formigando o cio.

 

2.

 

A centopeia feia —

se alguém lhe fia —

gasta logo tudo

na sapataria.

 

Na perna diante,

calça o mais

brilhante. Atrás,

o restante.

 

A sandália e a bota

de ponta bicuda.

Imelda marota,

 

arrasta o calcante,

sob a saia solta

a perna peluda.

 

 

 

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Mais sobre mim