Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

GAZETA DE POESIA INÉDITA

Espaço dedicado à divulgação de poesia original e inédita em língua portuguesa.

GAZETA DE POESIA INÉDITA

19
Set20

BRUNO DE SOUSA - QUE DESOLAÇÃO OU ALEGRIA HABITA

 

Que desolação ou alegria habita
Na noite que nos recebe e ali pasce,
De braços abertos, num estrelar que nos fita,
E o luar dos teus olhos em mim crepita
Um beijo que morrendo na tua boca nasce?

Que desígnios insondáveis perscruto
Na escuridão do teu corpo moreno,
Bebendo da luz um saxofone que escuto,
Numa melodia doce que se vestiu de luto,
Porque o dia é um intervalo pequeno?

Que voz ou som o meu desejo pressente
No mocho que canta o breu da vida,
Numa arrepiante eufonia decadente,
De agonia, como a aurora subsequente,
Ao toque que finda uma mádida despedida?




 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Mais sobre mim