Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

GAZETA DE POESIA INÉDITA

Espaço dedicado à divulgação de poesia original e inédita em língua portuguesa.

GAZETA DE POESIA INÉDITA

08
Out18

BRUNO M. SILVA - O FANTASMA DE PÁTROCLO

“Não ponhas os meus ossos longe dos teus, ó Aquiles.”

                                          Homero, Ilíada, Canto XXIII

 

 

 

Eu corro em ti

como sucessivas guerras ou

cavalos dobrando as tábuas da memória

 

tudo o que sou dividido por taças em grandes festins

toda a minha morte como um coração sobre o teu

 

estou tão longe do meu nome

 

mas o deus que nos persegue diz-me

que se por um momento se fez o mundo

os meus cabelos deitar-se-ão 

 

para sempre sobre os teus

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D

Mais sobre mim