Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

GAZETA DE POESIA INÉDITA

Espaço dedicado à divulgação de poesia original e inédita em língua portuguesa.

GAZETA DE POESIA INÉDITA

20
Fev20

EMANUEL MADALENA - "PEÇO UM TERRITÓRIO..."


Peço um território inculto sem lápide

ou marcação, talvez um poema-mortalha
que me abrigasse a nudez enterrada numa rotunda

de estrada nacional, pois basta a orla
de um vestido descido sobre a morte e somos
guerra, lonjura de erva daninha, e basta

um medo encolhido nos ossos, capataz fúria
de um anteparo cego estendido sobre o silêncio,
poemário de lava que me acenda o cadáver,

fogo fátuo de todos os líquidos, e somos cinzas
presas na garganta da mãe, ou espalhadas
como sangue morno na pele fria do mármore,

pois hei-de lamber o ferro e provar as feridas
abertas com o papel das velhas cartas, e conhecerei
apenas a falta de um mar que me lembre o seu suor,

apenas a falta de um corpo, e viverei para sempre
sem casa, fugido das palavras, como se fosse
a exacta e contígua casca de outro homem.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Mais sobre mim