Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

GAZETA DE POESIA INÉDITA

Espaço dedicado à divulgação de poesia original e inédita em língua portuguesa.

GAZETA DE POESIA INÉDITA

16
Set19

FERNANDO GUERREIRO - YUSHIMA

      

 

 

Meses depois da tentativa

de suicídio, vejo-o uma tarde

ocupado a lavar o capot do carro

- esponja e detergente na mão -

como se nada  tivesse ocorrido.

E aconteceu? Aturdido

com os comprimidos,

pergunto-lhe o que quer

dizer com a sombra

do coração?, ao que

ele me responde: "traça

uma linha direita - ágora

a que vão dar as palavras -

que te conduza a um lugar

que nunca devesses ter

percorrido". Enquanto

o diz, vejo-o enxugar

as lágrimas de peluche

amontoadas pelo frio

no pára-brisas do veículo.

Então, por detrás do arvoredo

talvez fosse possível entre

ver a paisagem (todos

os que sofrem o sabem)

enquanto as veias do braço

se abrem para deixar

passar o brigue de três

mastros que avança

sem amarras (como

nos livros) a caminho

do precipício. Ah!,

antes cette coupe

courte de cheveux

si moderne entrevue  

dans le métro, sur

un cou d'albâtre

si antique! Quebra

luz do abat-jour,

espelho da oval

do sorriso de Yushima

compondo o cabelo

enquanto a penumbra

a agarra por dentro

e desliga o fantasma

que, antes de morrer,

percorre o mundo

à procura do amado

que a chuva no véu

de sombra emoldura. 

 

*banda-sonora recomendada, "Too real", no álbum Dogrel "dos Fontaines DC, Partisan Records, 2019


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Mais sobre mim