Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

GAZETA DE POESIA INÉDITA

Espaço dedicado à divulgação de poesia original e inédita em língua portuguesa.

GAZETA DE POESIA INÉDITA

16
Nov20

HUMBERTO ROCHA - GRITO DE PROMETEU NUMA UCI

 

Arrependido estou. Do fogo estalar nas artérias
nas armas na água vaza dos olhos, dos rios e glaciares
da boca do trevo e do colibri. As noites ardendo
em coração em lume. Não tenho entranhas. Roubaram-mas
com precisão cirúrgica. Irei morrer. De vez.Sem arrependimentos
nem retornos. Não haverá nos bolsos navalha para
outro laceramento. Lamento. Estareis sós perante os abutres
e os corvos. Não haverá tempo para ressentimentos
nem máscaras com sólidas instruções. A poeira da concórdia
repousa nastas vísceras carcomidas. Nada mais posso oferecer.
Nem tempo ou paz quando o pó dos bosques são o respiro
da fogueira. É preciso eu morrer. Tenho peste do cancro do azedume.
Irei perder-me dentro de mim. Nada de novo voltará a acontecer.
Hora em ponto

Contempla, não vejas
intui, não penses
escuta a pulsão

das raízes no ventre
da terra

com o silêncio a dormir

sem armas agora é o momento
o pecado não está presente
foi às Bahamas de fugida
numa missão secreta

e Cupido ali ao canto não pára de sorrir.










Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Mais sobre mim