Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

GAZETA DE POESIA INÉDITA

Espaço dedicado à divulgação de poesia original e inédita em língua portuguesa.

GAZETA DE POESIA INÉDITA

23
Jun19

JOÃO COLES - ATÉ À PRÓXIMA DANÇA

 


há vezes em que a morte vem brincar connosco
sussurrar-nos coisas ao ouvido
dar-nos ideias
sugerir-nos encontros amorosos com ela
nada de flores ou poemas
mas encontros arrojados
como fazer a barba com uma lâmina enferrujada
uma longa viagem num avião decadente
ou dar um salto de fé do vigésimo primeiro andar
de um hotel em Seodaemun

consideramos
respondemos que estamos a ponderar sobre o assunto
ela faz caprichos como todos os amantes fazem
quando não lhes fazemos as vontades
quando acedemos riem
esboçam um esgar sardónico
e recusam-nos
e aguardam pelo próximo olhar
o convite para a dança seguinte

a morte vem de muitas maneiras
chama-nos de muitas maneiras
não vem brincar
nunca
muito menos se cedemos facilmente aos seus caprichos

imagino
sim
que nos seduza
com frutos e promessas de paz e eternidade
mas que não ceda
à nossa vontade desligada
de lhe cair nos braços


Shyamnagar, Bangladesh
22 de Março, 2019

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Mais sobre mim