Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

GAZETA DE POESIA INÉDITA

Espaço dedicado à divulgação de poesia original e inédita em língua portuguesa.

GAZETA DE POESIA INÉDITA

10
Set20

JOSÉ EMÍLIO-NELSON - A PINTURA DE [ANTÓNIO GONÇALVES]

 

Numa mesa de autópsia, a glande dessecada <em
forma de Sagrado Coração>,
Flora, seca fauna de esmaltes, na vibração espalmada.
A glande corre num jorro como trepadeira  a desencadear
Extremidade excêntricas que ascendem
A anatomia sibilante, indesejada, espaçada, numa
cerimónia <de morte sacrificial da cruz> feita
de coágulo e chamamento extravagante (ao Sacrário).
É mácula entoada. Se evade num nó
E passa a outro nó, galgando as margens de cada
eco desgastado com duração cinzelada.
Caos de carne na carne, incinerada, fractura exposta.
<Fusão de> testículo e concertina destripados.
A sentença terrena contra a volúpia nasce
Da desmesura íngreme a escarpar a cor em sangue.         

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Mais sobre mim