Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

GAZETA DE POESIA INÉDITA

Espaço dedicado à divulgação de poesia original e inédita em língua portuguesa.

GAZETA DE POESIA INÉDITA

27
Jun20

JOSÉ LUÍS MENDONÇA - MADRIGAL

 

amanhece. uma mulher caminha sobre o mar
com um pássaro de luz na sua mão aberta.
aos pés dela arcadas de água lisa desenrolam pergaminhos
de ocres mitologias sobre a invenção do mundo
e cem mil crianças sem olhos nos submarinos atómicos
jogam ao zero-zero a breve noção de ser.

dos seus flancos voam palavras de fogo ainda húmidas
no rasto azul deste poema que ninguém escreve.
eu deito-me com ela na esteira branca que o sol
estende sobre as ondas até ao infinito.

ao longe veleiros de espuma sobre a menstruação dos peixes
escutam a cal dos nossos intestinos.

tutela-nos um espírito sóbrio de palavras.

e os mortos sobem à tona da água para ver
como nasce o poema coberto de limo e algas verdes
entre os lábios sangrantes do útero do mar.

 

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Mais sobre mim