Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

GAZETA DE POESIA INÉDITA

Espaço dedicado à divulgação de poesia original e inédita em língua portuguesa.

GAZETA DE POESIA INÉDITA

28
Set20

LAU SIQUEIRA - O MELHOR DO FILME


Meu amor acolhe sempre
o rastro das miríades...

E lá se vão luas e noites
onde debelo as sombras
do meu dia.
 
Vou extrair do infinito
o alimento que felina
minha calma.

Em cada momento tu és uma nova luz.
Um espetáculo de afetos engole meus
líquidos, direciona lábios e língua para
o que em ti é emoção e linguagem.

Tu és o caminho.
A vontade de caminhar.

Meu amor desloca teu corpo no espaço.
Treme em minha pele. Geme em falsete
quando dispo a nudez dos disfarces.

Sinto que farejas
o suor da minha alma
quando o corpo clama.

Tudo em mim te ama.

Pássara. Sempre voas. Sempre mais.
Toda vez, todavia, toda vida, quando
nua, vestes o tecido da minha carne.

Dessarte retornas para onde
sabes o que é permanente.

(...)

Ela sempre me leva ao cinema.
E é sempre ela o melhor do filme.

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Mais sobre mim