Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

GAZETA DE POESIA INÉDITA

Espaço dedicado à divulgação de poesia original e inédita em língua portuguesa.

GAZETA DE POESIA INÉDITA

28
Jul20

LUÍSA DUCLA SOARES - NASCEU NA NOITE DE NATAL

 

Era meia noite em ponto
Quando o menino nasceu.
Nenhuma estrela no céu
Para ele se acendeu.

Sua mãe não tinha leite,
Quem era o pai não sabia,
Tinha o desprezo por tio
E a miséria por tia.

Três reis magos lhe trouxeram
Vinho, coca, heroína
E as ciganas fugiram
Quando lhe leram a sina.

Embarcou no nevoeiro
Para a terra do S. Nada,
Talhou caminhos de espinhos
Com uma faca afiada.

Não vai morrer numa cruz
Mas numa encruzilhada.
Por causa da sua morte
Há-de entupir uma estrada.







Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Mais sobre mim