Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

GAZETA DE POESIA INÉDITA

Espaço dedicado à divulgação de poesia original e inédita em língua portuguesa.

GAZETA DE POESIA INÉDITA

20
Abr20

manuel a. domingos - UM POEMA PARA SIMON ARMITAGE


Ao contrário de ti não vivi entre ladrões

de Manchester e como tu não percorri de Leste
a Oeste os Estados Unidos com apenas um dólar
para gastar e um par de calças Levis

O mais longe que fui nesta velha Europa
calçado e protegido por um seguro de viagem
foi até Budapeste mais o seu rio Danúbio
que naveguei entre as nove e as dez da noite

Mas igual a ti e com as devidas distâncias
atirei pedras sobre a água no Poço dos Moinhos
E embora não tivesse sido em Black Moss
estava um dia igualmente calmo

É certo que ainda não experimentei fazer
bungee jumping duma ponte qualquer no interior
do país mas no outro dia impedi um aluno de saltar
dum primeiro andar na escola onde trabalho

E o desconforto na garganta e o arrepio de frio
que senti no lugar mais fundo de mim
são um sinal de esperança no meio disto tudo:
ainda não sou indiferente — digo eu






Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Mais sobre mim