Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

GAZETA DE POESIA INÉDITA

Espaço dedicado à divulgação de poesia original e inédita em língua portuguesa.

GAZETA DE POESIA INÉDITA

19
Mar19

MANUELA BARROSO - FIZESTE-ME

 

Fizeste-me cântico em versos de vidro
na imensidão  do cosmos onde fulgura 
toda a exatidão do belo. Tudo parece

imutável na plenitude serena dos astros
e na ausência visível  do turbilhão
efervescente dos magmas. Mas

tudo é um poema em incandescência.
Deixa-me que me transporte para a
serenidade inalterável da luz das memórias

onde me esperará uma sinfonia de estrelas
na imaterialidade dos Tempos.


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Mais sobre mim