Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

GAZETA DE POESIA INÉDITA

Espaço dedicado à divulgação de poesia original e inédita em língua portuguesa.

GAZETA DE POESIA INÉDITA

17
Out18

MARIA AFONSO - "O CAVALO BRANCO..."

o cavalo branco continua no prado

e as mulheres aguardam

com gestos lentos o breve

volver de um rosto

 

há algo mais premente do que cobiçar a felicidade - ouvir a chuva

lá fora a molhar-nos por dentro

 

caminhar dentro de água - o nosso elemento

 

fecham-nos numa casa para nos preservarem

dos males do mundo

alguém incendeia uma outra casa para

dilacerar a nostalgia

sentimos o ar como uma substância ligeira

e o travo salgado da terra onde nos semearam

 

temos que nos mover pelo enxofre líquido

com uma vela acesa

salvar o mundo e ouvir os considerados inúteis

depois pode nevar sob a abóbada inexistente

de uma catedral onde a voz se faz ouvir

 

haverá quem arrisque beijar as nossas mãos

rasgar o silêncio sem ferir o ar

com que os cavalos acordam as manhãs

inventar a língua que dilacere as palavras verticais

 

há que decifrar o rastro que o dia deixa para trás

sem prever os sonhos da noite

 

que arranhem os silêncios

 

afinal os cavalos não se abatem e a poesia

será sempre impossível de traduzir

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D

Mais sobre mim