Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

GAZETA DE POESIA INÉDITA

Espaço dedicado à divulgação de poesia original e inédita em língua portuguesa.

GAZETA DE POESIA INÉDITA

26
Out19

NUNO FÉLIX DA COSTA - MAIS BOMBAS NUCLEARES

 

 

Quando temos a impressão de tudo estar ligado e dirigido
por uma mente poderosa podemos estar apenas enganados
É difícil reconhecê-lo porque já aceitamos tal mente existir
e existindo alguma coisa há de ocupá-la. A boca há de falar
os ouvidos enormes esperam de nós uma grande manifestação
de sapiência para a qual preparámos a linguagem e a poesia


Chegamos a pensar as leis das órbitas dos planetas e as da
intimidade dos átomos existirem com vista ao pensamento
mas essas leis criaram bombas atómicas e a mente dos homens
faz a guerra porque tem bombas para lançar ou outra razão
implacável. Ainda bem que as ligações entre as coisas
se interrogam como zangas entre amantes e, se chegam
a matar, o amor estava desligado do resto das coisas e estas
juntam-se por afinidades facultativas. Se produzem luz


num poema era instável o lugar. Tombariam no aniquilamento
sinfónico que só os homens tomam por sublime. Convém
sermos prudentes quando falamos da potência das leis
ou da omnipotência de uma mente. Assim evitamos
acidentes em cadeia ou uma guerra nuclear






Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Mais sobre mim