Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

GAZETA DE POESIA INÉDITA

Espaço dedicado à divulgação de poesia original e inédita em língua portuguesa.

GAZETA DE POESIA INÉDITA

26
Out20

REGINA GUIMARÃES - JARDIM À LUPA

 

Caminho até ao limiar do jardim
e empurro com a mão trémula
o anjo de madeira clara
que ali serve de cancela

Do outro lado, pastam ordeiros
cordeiros do sacrifício a curto prazo
e ondula obsessiva e abstinente
a madrinha de todas as serpentes

Do lado terceiro, incapaz de ser oposto
e o inverso também se torna verdadeiro
vegetam flácidos machos fêmeas factuais
e o pai sempre primeiro

Caminho até ao fundo do jardim
e o jardim caminha até ao fundo de mim
pela mão de madeira do meu anjo claro
que busca a espada do fogo meigo

a lâmina
o lume
a lufada

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Mais sobre mim