Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

GAZETA DE POESIA INÉDITA

Espaço dedicado à divulgação de poesia original e inédita em língua portuguesa.

GAZETA DE POESIA INÉDITA

17
Mar20

SANDRA COSTA - L`HEURE BLEUE

«Que o verso seja um espelho/ ao mesmo tempo um véu»
David Mourão-Ferreira

 
L'heure bleue

Por mais que aprumes a caligrafia ou pronuncies

este tempo no teu melhor francês e por mais que
procures uma explicação científica para o ofício
etéreo que só existe na contemplação do que é belo
ou tudo subvertas com a raiz melancólica de um Blues,
nenhum verso conseguirá aproximar-se dessa hora
que se diz azul, crepúsculo, luz doce, assim que o
Sol se vai cobrindo de horizonte ou antes que as
gelosias se dispam de madrugada. Sobram-te
sentidos se o único efeito que em ti se prolonga
é o do espelho. Erguem-se sobressaltos de
sombras se o que pressentes, na cintilação
e na extinção dos múltiplos azuis sobre o mar,
é esse véu onde todos os segredos se revelam.
Ao fundo, tão aceso como inexacto, o farolim
do molhe Norte não é um improviso.

heure_blue.jpg

Fotografia de Adelaide Sá

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Mais sobre mim