Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

GAZETA DE POESIA INÉDITA

Espaço dedicado à divulgação de poesia original e inédita em língua portuguesa.

GAZETA DE POESIA INÉDITA

02
Ago20

SUSANA ARAÚJO - [SEM TÍTULO]


Deitas-te – e seja

de olhos abertos ou fechados –
elas regressam, atracam
junto às pálpebras
como barcos

as palavras que usámos

chegam, partem
cortam as águas
como se nadar fosse
a única função do náufrago

gaivotas, golfinhos, moinhos
quixotes de bóia, focas de circo, peixes
espreitam e deslizam entre o plástico
preparam barbatanas para a batalha

o catamarã é um cruzador
eu espero pelo grito do almirante de esquadra

a outra banda ainda se avista no teu rosto
mas hoje o rio amanheceu sem margens.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Mais sobre mim