Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

GAZETA DE POESIA INÉDITA

Espaço dedicado à divulgação de poesia original e inédita em língua portuguesa.

GAZETA DE POESIA INÉDITA

04
Mar20

URBANO BETTENCOURT - NOVAS INDAGAÇÕES ANTERIANAS (4)

 

No vasto campo-santo   das literaturas
oficiais, cabem-lhe dois talhões de 14x10,
duzentas e oitenta sílabas métricas, medidas
com o rigor de um banqueiro não anarquista
nem português.

Querias sonetos em barda? Toma!

O bardo jaz cativo nas caves do ministério,
absorto entre uma data  e a seguinte
à espera do tiro que o resgate
do azorean torpor, a doença inventada
por um médico inglês esquecido já da sua ilha
e da mão  que prescrevia o  bismuto
(vê como os bichos do papel
manejam o bisturi entre rimas pobres e ricas
e decifram  as artes estruturais
da pesca à linha ou ao verso).

Por isso, liga para os Sonetos Pedidos,
diz a frase e pede que te sentem
na mão de Deus, na que o poeta não quis por fim
e onde te será dado contemplar o tropel  do mundo,
as suas batalhas e esporas
as ruínas do tempo sumido na dobra de uma Noite
sem remédio.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Mais sobre mim